Fundo de Quintal - Eu Não Quero Mais




Eu não quero mais amar essa mulher
Ela magoou meu coração
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não

Minha nega é maneta
E além de maneta é cega de um olho
É cega de um olho, tem pouco cabelo
E no pouco cabelo carrega piolho
Eu já falei pra você, ô Sombrinha
Joga essa mulher no lixo
Além de caolha e ter pouco cabelo
Ela toma cachaça e joga no bicho

Eu não quero mais amar essa mulher
Ela magoou meu coração
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não

Se lembra daquela arapuca
Que a nega maluca um dia armou
Fez macumba, jogou pururuca
Deixou tua cuca na tela de horror

Nega eu juro
Juro que verei seu fim
Usaste de leviandade
Na sua esperteza pra cima de mim

Eu não quero mais amar essa mulher
Ela magoou meu coração
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não

É mentira, é conversa fiada
Essa nega é danada, essa nega é vadia
Levanta dez horas, levanta meio dia
Procura pão quente não tem padaria
Me tratando com muita meiguice
Maria Clarice me traiu assim
Se eu não fosse lá da Piedade
Te juro a verdade seria o meu fim

Eu não quero mais amar essa mulher
Ela magoou meu coração
Desconsiderou o lar que é o meu barracão
Por isso eu não quero não

Me responda com sinceridade, Arlindo
Onde mora uma paixão, por isso
Por isso eu não quero não
Sombrinha não sei o endereço
Mas sei bem o preço da ingratidão e é por isso
Por isso eu não quero não
Nesse endereço eu fiquei mais perdido
Que cego numa confusão, mas é por isso
Por isso eu não quero não

De tanto andar por aí, Ubirany
Conheci a ilusão, é por isso
Por isso eu não quero não
Malandro que é bom não se ilude
Eu fiz o que pude porém foi em vão, mas é por isso
Por isso eu não quero não
Por isso que eu vou corrigir
A pirâmide brilha eu não vou nessa não, mas é por isso
Por isso eu não quero não



Gostou dessa letra? Curta nas redes sociais:






Mais músicas de Fundo de Quintal



Facebook